16 Maio 2011

 

“Mente sã em corpo são. Desde pequenino, porque não?”

 

Introdução

Numa aula de Yoga para crianças o mais importante é a interacção que se gera com elas. Por isso a aula é dada de modo a que professor e crianças sejam os actores principais na composição de cada posição, aludindo sempre a nomes de animais e elementos da natureza que tentam representar, num claro convite à imaginação do grupo.

É através de histórias, de músicas, de jogos e do relaxamento, que vamos ensinar a criança: regras de como viver em sociedade; como respeitar a natureza, os animais; como brincar e divertir-se sempre com respeito pelos outros; como respirar correctamente; coordenar os movimentos com a música, desenvolvendo a concentração; aprender a relaxar e a acalmar utilizando ferramentas que serão muito úteis no seu dia-a-dia, melhorando dessa forma a concentração e a aprendizagem.

Asanas / Posturas

Às posturas de yoga chamamos asanas e os seus benefícios são a muitos níveis. Há sempre um trabalho físico para trabalhar a flexibilidade, o alongamento dos músculos, aumentar a força muscular, assim como a força de vontade. Cada postura tem um ou mais efeitos específicos, tanto a nível físico como emocional ou energético, estabilizam a mente e tornam o corpo sólido e forte.

A base do Yoga assenta na sequência de asanas feitas durante a aula em conjunto com o trabalho da respiração. As asanas promovem o desenvolvimento da flexibilidade, equilíbrio e força. Para além do desenvolvimento motor e respiratório, o Yoga actua ao nível do sistema nervoso, equilibrando toda a personalidade da criança.

Ao estarmos sólidos interiormente, isso irá dar-nos estrutura para enfrentarmos as adversidades exteriores, no caso das crianças, as exigências escolares, as relações com os colegas e professores, etc.

Para este trabalho de posturas o yoga baseou-se na observação da natureza e por isso a riqueza de temas é imensa, pois a maioria das posturas têm nomes de animais e plantas, de que exemplifico algumas: Cobra (Bujanghasana), Cão (Adho Muka Svanasana), Tartaruga (Khurmasana).

Respiração / Pranayama

O trabalho da respiração é a base do yoga e, por isso, vamos aprender já desde pequenos a respirar bem, aumentando a capacidade respiratória e dando especial atenção à maneira como respiramos. esta é pois uma tomada de consciência que exige uma maior concentração e leva a um bem estar interior gratificante.

A respiração é sempre trabalhada em cada asana ou através de exercícios específicos. Muitas vezes este trabalho é feito sem sequer mencionarmos a respiração, através de analogias e jogos, tais como soprar a pena, bolinhas de sabão, barulho da abelha, orelhas do elefante, seguir os veios da folha com o dedo. Quase sem se aperceberem, as crianças vão brincando e ao mesmo tempo aprendem a aprofundar a respiração, que pode ser muito útil no dia a dia, por exemplo, quando necessitam de se acalmar.

A consciencialização da respiração, dá-nos uma ligação muito importante entre o corpo e a mente, porporcionando um elevado sentimento de harmonia e confiança interiores, para alem de uma melhor coordenação física. A prática contínua do yoga permite, entre outras coisas, corrigir maus padrões respiratórios que podem ter efeitos nefastos na saúde em geral.

Descontracção, Memoria e Concentração / Pratyahara e Dharana

Hoje em dia, com a proliferação dos meios de comunicação, as crianças são cada vez mais “bombardeadas” com demasiada informação e imagens mentais que lhes agitam a mente e dificultam a concentração.

No yoga, através de exercícios específicos, como a observação de postais, ou através de jogos de palavras/letras, e da pintura de Mandalas*, entre outros, iremos ao longo do ano trabalhar a descontracção e a concentração das crianças, ajudando-as a aprender a relaxar e a acalmar a mente, melhorando assim os processos de aprendizagem e de memorização no seu dia a dia.

Conclusão

Em jeito de conclusão, é através das aulas de yoga, e quase sem se aperceberem, que as crianças se vão desenvolvendo a todos os níveis, sendo-lhes fornecidas ferramentas que, uma vez usadas no dia a dia, seja na escola, em casa, onde quer que seja, irão ajudá-las a ultrapassar dificuldades e obstáculos que lhes possam surgir.

Todo este conjunto de técnicas postas em prática em cada aula terão um efeito muito positivo nas crianças, seja ao nível dos benefícios do exercício físico, seja no aumento da auto-estima, desenvolvendo uma atitude positiva perante a vida que as leva a interiorizar o respeito pela natureza e pelo próximo, ajudando a tornarem-se adultos fortes, saudáveis, emocionalmente inteligentes e com elevada auto-confiança.

Principalmente, eo mais importante de tudo, é que uma aula de yoga é um momento divertido, em que a criança se sente amada, respeitada, segura e alegre, o que sem dúvida alguma contribui com uma quota parte importante para a sua felicidade enquanto ser humano.

 

* Palavra sânscrita que significa circulo, é uma representação geométrica de relação dinâmica entre o homem e o cosmos. A Mandala apresenta sempre grande profusão de cores e representa um objecto ou figura que ajuda na concentração. Há toda uma simbologia envolvida e uma grande variedade de desenhos de acordo com a origem.

publicado por Prema Yoga às 21:54
tags: ,

Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
subscrever feeds
Prema = Amor / Yoga = União : União entre o bem-estar físico e mental, rumo à conquista do equilíbrio e da serenidade.

ver perfil

seguir perfil

6 seguidores

facebook
pesquisar
 
contador
NetworkedBlogs