Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PREMA YOGA

Estúdio em Oeiras, Portugal, para a prática de yoga e de todo um conjunto de actividades que visam o bem-estar físico e mental.

Estúdio em Oeiras, Portugal, para a prática de yoga e de todo um conjunto de actividades que visam o bem-estar físico e mental.

Pranayama Bhramari – Respiração da Abelha

O trabalho da respiração é a base do yoga, por isso a trabalhamos tanto nas minhas aulas, aqui ficam algumas dicas para a praticar:

Adoptar uma posição confortável sentada, com as pernas dobradas e afastadas, descansando os cotovelos nos joelhos enquanto colcamos os polegares a tapar os ouvidos e os outros 4 dedos a descansar na cabeça, ou deitada com as mãos na mesma posição, descansando os cotovelos no chão. Primeiro observar o ritmo respiratório para depois começar a aprofundar a respiração, inspirando profundamente e na expiração pronunciar o som MMMMMM, que não precisa de ser muito alto, é mais sentido do que ouvido. Concentrar na vibração do som, no centro do peito, deixar o som desaparecer no fim da expiração e recomeçar, 7 ou 10 vezes no início. Baixar os braços de 3 em 3 ciclos se cansada e concentrar na sensação do som, em si própria, e no caso da gravidez, na barriguinha onde se enconta o bebé, pois é uma maneira especial de comunicar com ele.

Este pranayama pode ser praticado sem se estar grávida, grávida, no pós-parto e por ciranças, pois é muito bom para acalmar e ajudar a adormecer. A ressonância do zumbido cria vibrações que viajam pelo líquido amniótico para dar uma massagem sónica ao bebé. O facto de se tapar os ouvidos permite uma concentração muito mais profunda o que no pós-parto pode salvar vidas! Tanto as crianças como os bebés, acham-na divertida e o som promove um “instantâneo retiro”, dando algum espaço à exausta recém-mamã. Experimentem!

2 comentários

Comentar post