Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PREMA YOGA

Estúdio em Oeiras para a prática de Hatha Yoga e de outras actividades que visam o bem-estar físico e mental.

Estúdio em Oeiras para a prática de Hatha Yoga e de outras actividades que visam o bem-estar físico e mental.

Parto induzido, sim ou não?

Conclusão de um novo estudo norte-americano sobre o tema


A indução do parto, por indicação médica ou a pedido dos pais, continua a dividir opiniões.

Um estudo recente da Universidade Rochester, nos EUA, concluiu que predefinir uma data para o parto pode trazer consequências negativas para a mãe, visto que esta perde mais sangue e passa mais tempo no hospital do que num parto natural.

O estudo analisou 485 mães (grávidas do primeiro filho) e verificou que, entre as que optaram pela indução do parto, 34% fizeram cesariana, enquanto que, entre as que optaram por parto natural, apenas 20% precisaram de recorrer a essa cirurgia, uma diferença de 14%.

Segundo o estudo, publicado no Journal of Reprodutive Medicine, embora se trate de uma intervenção simples, a cesariana aumenta os riscos de infecções e complicações respiratórias, bem como o tempo de recuperação, e sublinha que «se não há benefícios médicos para induzir o parto, é difícil justificar a escolha para fazê-lo». 

(artigo retirado do site da Chicco)